RELATO DE EXPERIÊNCIA NO DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

buscando construir uma educação antirracista

Autores

  • Silvia Isabel de Oliveira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais
  • Jeison Francisco Faria de Oliveira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais
  • Priscila Alexandre de Roma Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais
  • Melissa Salaro Bresci Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais

Palavras-chave:

Escravidão, Racismo, Representatividade Negra, Literatura Negra, Literatura Infantil

Resumo

O trabalho a seguir é um relato da experiência vivida por bolsistas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) no desenvolvimento de uma atividade no dia da Consciência Negra, em uma turma do 2º ano do ensino fundamental. Os objetivos da atividade foram trabalhar a história da escravidão no país e valorizar a cultura e a estética afro-brasileiras, visando contribuir para a construção de uma educação antirracista. Para a exposição oral, foram utilizados “palitoches”; em seguida, foi lido o livro “O Mundo no Black Power de Tayó”, de Kiusam de Oliveira; por último, foi montado um painel da personagem Tayó a ser exposto na escola. A atividade comprovou a importância de se trabalhar com a temática na escola não apenas em novembro, mas durante todo o ano para combater o ideário racista, fruto da educação não intencional de uma sociedade estruturalmente racista.

Arquivos adicionais

Publicado

29-08-2022

Como Citar

ISABEL DE OLIVEIRA, S. .; FRANCISCO FARIA DE OLIVEIRA, J.; ALEXANDRE DE ROMA, P.; SALARO BRESCI, M. . RELATO DE EXPERIÊNCIA NO DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA: buscando construir uma educação antirracista. Anais Educação em Foco: IFSULDEMINAS, [S. l.], v. 2, n. 1, 2022. Disponível em: https://educacaoemfoco.ifsuldeminas.edu.br/index.php/anais/article/view/429. Acesso em: 14 abr. 2024.

Edição

Seção

Licenciatura em Pedagogia