PIBID NA ESCOLA

Estudo de caso sobre o acidente radioativo de Goiânia no formato remoto de ensino durante a pandemia do COVID-19

Autores

  • Creverson de Souza Instituto Federal do Sul de Minas Gerais Campus Pouso Alegre
  • Julia Roberta de Aquino Instituto Federal do Sul de Minas Gerais Campus Pouso Alegre
  • Juliana Aparecida Correia de Abreu Instituto Federal do Sul de Minas Gerais Campus Pouso Alegre
  • Karin Dayenne Pereira Henrique Instituto Federal do Sul de Minas Gerais Campus Pouso Alegre
  • Paulo Ezequiel Silva Instituto Federal do Sul de Minas Gerais Campus Pouso Alegre
  • Viviani Andrade Corrêa Escola Estadual Virgília Paschoal

Palavras-chave:

Educação, Metodologia ativa, Educação remota, Catástrofe radioativa de Goiânia

Resumo

Na busca por estratégias de ensino que despertassem o interesse dos alunos pelo estudo durante a pandemia da Covid-19, período o qual as escolas estavam atuando de modo predominantemente remoto, surgiu a alternativa de se trabalhar estudos de casos com os alunos do ensino médio de uma escola estadual, na qual os alunos do PIBID atuaram. O principal objetivo era atrair os alunos para que eles não desistissem do ano letivo, visto que a taxa de alunos que frequentavam as aulas era baixíssima. Com a aplicação de uma aula coletiva sobre o acidente radioativo de Goiânia, a qual reuniu alunos de todas as séries do ensino médio, foi possível constatar uma grande adesão dos alunos a esse tipo de aula, visto a interação significativa durante a aula.

Arquivos adicionais

Publicado

29-08-2022

Como Citar

DE SOUZA, . C.; DE AQUINO, J. R. .; CORREIA DE ABREU, J. A. .; PEREIRA HENRIQUE, K. D. .; SILVA, P. E.; ANDRADE CORRÊA, V. . PIBID NA ESCOLA: Estudo de caso sobre o acidente radioativo de Goiânia no formato remoto de ensino durante a pandemia do COVID-19. Anais Educação em Foco: IFSULDEMINAS, [S. l.], v. 2, n. 1, 2022. Disponível em: https://educacaoemfoco.ifsuldeminas.edu.br/index.php/anais/article/view/488. Acesso em: 23 fev. 2024.

Edição

Seção

Licenciatura em Química